diagram pt

A linha de produtos Reveal® Q+ MAX apresenta uma extração comum à base de água que permite aos usuários testar múltiplas micotoxinas da mesma amostra preparada. A capacidade de testar até seis micotoxinas representa uma economia potencialmente significativa de custo e tempo para testadores de grãos. A eliminação de solventes perigosos no processo de extração oferece uma melhor escolha para os funcionários e o meio ambiente. Juntamente com a linha de leitores AccuScan®, o sistema Reveal Q + MAX lê objetivamente, analisa e armazena os resultados dos testes.

Reveal Q+ MAX é um ensaio imunocromatográfico de fluxo lateral com base em um formato de imunoensaio competitivo. O extrato é absorvido através de uma zona de reagente, que contém anticorpos específicos para a toxina conjugada com partículas de ouro coloidal. Se a toxina está presente, ela será capturada pelo complexo partículas-anticorpos. O complexo toxina-anticorpo-partícula é então absorvido em uma membrana que contém uma zona de toxina conjugada com um portador proteico. Esta zona captura qualquer anticorpo de toxina não complexada, permitindo que as partículas se concentrem e formem uma linha visível. À medida que o nível de toxina em uma amostra aumenta, a toxina livre forma um complexo com as partículas de anticorpo-ouro. Isso permite que menos anticorpo-ouro seja capturado na zona de teste. Portanto, à medida que a concentração de toxina na amostra aumenta, a densidade da linha de teste diminui. Os algoritmos programados nos leitores AccuScan convertem essas densidades de linha em um resultado quantitativo exibido em ppb ou ppm. A membrana também contém uma zona de controle onde um complexo imune presente na zona reagente é capturado por um anticorpo, formando uma linha visível. A linha de controle sempre se formará independentemente da presença de toxina, garantindo que a tira esteja funcionando corretamente.