Os testes rápidos para histamina da Neogen® podem analisar amostras de peixe e farinha de peixe a 50 ppm ou fornecer resultados totalmente quantitativos na faixa de 2,5 a 50 ppm.

Podem desenvolver-se níveis elevados de histamina em uma variedade de espécies de peixes à medida que se decompõem. Essas espécies incluem atum, mahi-mahi, marlin, bluefish, sardinha, anchova, bonito, arenque e cavala. A ingestão de histamina pode causar intoxicação por scombróide em seres humanos, o que pode levar a uma variedade de sintomas, incluindo erupções cutâneas, náuseas, vômitos, diarréia, hipotensão, palpitações e fraqueza muscular. Paralisia e morte também foram relatados em casos de envenenamento por scombróides. Devido ao seu potencial para doenças humanas, a FDA determinou que registros extensivos de refrigeração e / ou testes de histamina devem ser incluídos em um programa HACCP (Programa de Análise de Perigos de Controle Crítico) para espécies de peixes relevantes. A FDA estabeleceu um nível de ação de 50 partes por milhão (ppm) para histamina em peixes locais e importados.

Os kits Alert® para histamina da Neogen, são testes de detecção de micropoços, que comparam até cinco amostras por vez contra um nível conhecido de alergênico ou toxina. Os testes fornecem resultados visíveis que mostram claramente se uma amostra contém maior ou menor quantidade de alergênico ou toxina alimentar específica do que o controle fornecido.

Os kits de testes Reveal® para histamina da Neogen são extremamente fáceis de usar e interpretam as tiras de teste que analisam as amostras em relação sos aos limites estabelecidos.

Os kits Veratox® para histamina da Neogen são testes quantitativos que comparam até 19 amostras ao mesmo tempo em relação aos controles de teste. Através do uso de um leitor de micropoços, os testes fornecem resultados precisos da amostra em partes por milhão (ppm) ou partes por bilhão (ppb).

Produtos Disponíves